Maronda

18/01/2017
Imagem indisponível

A história da Maronda Transportes começa em 1972, quando a empresa tinha outro nome: Transportes Rodoviários Marvel Ltda..

“A empresa chegou a crescer muito. Nossa sede era em Santos, mas tínhamos filiais em Porto Velho, Guajará-Mirim, Manaus, Belém, Recife, Rio de Janeiro, Miami, Orlando e Jacksonville; as três últimas, nos Estados Unidos”, conta Marcelo Marques da Rocha, proprietário da empresa, detalhando que o nome Marvel foi uma homenagem a um irmão dele, que tem este apelido.

Como conta o transportador, a maioria dos serviços prestados pela Marvel era concentrada em cargas de pneus. “Era tudo diferente do que é feito hoje. Em Rondônia, por exemplo, o rio subia e cobria a estrada. O motorista levava dois ajudantes. Eles desciam com umas varas, iam vendo a altura da água e indicando por onde o caminhão podia passar”, recorda Rocha.

Segundo ele, os veículos também mudaram bastante. “Os caminhões transportavam, no máximo, 8 toneladas. Era o chamado toco. Hoje, ainda temos muitas estradas ruins, mas bem melhores do que há 40 anos”.

A mudança no nome da transportadora ocorreu no início dos anos 2000. “Nós vendemos a marca”. Como detalha Rocha, a especialidade da empresa atualmente são os contêineres. “O transporte mudou muito. Antigamente as empresas eram mais parceiras, hoje há muita concorrência desleal”.

O que espera do sindicato? – “Como fui presidente do Sindisan por muitos anos, espero que a diretoria continue prestando bons serviços, como sempre fizemos. Tenho visto que este tem sido o objetivo dos novos diretores e desejo que eles façam um excelente trabalho, já que é bom para todos nós”, finalizou o empresário.

 

Marcelo Marques da Rocha faleceu no dia 23 de novembro de 2016.

Por Giuliana Olivetti