NTC defende a manutenção da desoneração da folha de pagamento

23/11/2017
Imagem indisponível

Na tarde de ontem (22/11), o Diretor Jurídico da NTC&Logística, Dr. Marcos Aurélio Ribeiro, representou o presidente da entidade, José Hélio Fernandes, em uma audiência pública para discutir o PL  8456/2017, que trata sobre o fim da desoneração da folha de pagamento.

Dr. Marcos mostrou um panorama do setor de transporte rodoviário de cargas e defendeu que a desoneração da folha de pagamento seja mantida para que o setor possa voltar a crescer. De acordo com ele, na ANTT estão registrados um milhão e 100 mil caminhões e 114 mil empregos registrados da categoria. “O setor emprega mais de cinco milhões de pessoas. Elevar a carga tributária impactaria muito para o TRC. Por isso, defendemos que se mantenha a desoneração, principalmente levando em consideração a retomada da economia”, afirmou.  

Representantes de outros setores também participaram da audiência. Junto com Dr. Marcos, na mesa 1, estavam Sérgio Paulo Gallindo, Presidente-Executivo da Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação – Brasscom; Sergio Paupério Sério Filho, Diretor de Relações Institucionais e Oportunidade Social da TOTVS, representando o Sr. Laércio Cosentino; Francisco Camargo, Presidente da Associação Brasileira das Empresas de Software – ABES; Edgar Serrano, Presidente da Federação Nacional das Empresas de Informática – FENAINFO; e Marco Aurélio Coelho de Oliveira, Presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Telemarketing – SINTRATEL.  

Na mesa 2 estavam Cláudia Viegas, Consultora da LCA Consultoria, representando o Sr. Eduardo Sanovicz, Presidente da Associação Brasileira das Empresas Aéreas – ABEAR; Ricardo Aparecido Miguel, Presidente da Associação Brasileira das Empresas de Serviços Auxiliares de Transporte Aéreo – ABESATA; Jeovani Salomão, Presidente da Assespro Nacional - Federação das Associações das Empresas Brasileiras de Tecnologias da Informação; e Cássio Rocha Azevedo, Presidente da Associação Brasileira de Telesserviços – ABT. Fonte: NTC&Logística.