Portos movimentam 249,2 milhões de toneladas no primeiro trimestre

12/06/2018
Imagem indisponível

Os portos públicos e os TUPs (Terminais de Uso Privado) movimentaram 249,2 milhões de toneladas no primeiro trimestre de 2018. O volume representa uma queda de 0,5% (1,2 milhão de toneladas) em comparação com o primeiro trimestre de 2017. 

Quando considerado apenas o volume da movimentação dos terminais privados, a queda foi de 2,3%, em comparação ao mesmo período do ano passado. Já nos portos públicos, foi registrado um crescimento de 3,2%. Os dados foram divulgados pela Antaq (Agência Nacional de Transportes Aquaviários) na última semana.

Apesar da queda de 6,3% em relação ao primeiro trimestre de 2017, o minério de ferro representa o maior volume movimentado (87,5 milhões de toneladas), seguido pelo petróleo, com 48,7 milhões de toneladas (queda de 1,1% em relação a 2017). Os contêineres ficaram com a terceira colocação, com 26,4 milhões de toneladas e crescimento de 11,5%.

Os dez principais portos públicos em movimentação de cargas brutas operaram, aproximadamente, 72,2 milhões de toneladas, o que corresponde a 85,9% da movimentação total dos 30 portos públicos que registraram movimentos de cargas nesse primeiro trimestre de 2018.

O Porto de Santos movimentou, no período, 25,1 milhões de toneladas de cargas brutas, com destaque para o milho (com crescimento de 192,3%), pasta de celulose (74,1%) e contêineres (14,5%). Já nos terminais de uso privado, a movimentação de cargas registrou 165,1 milhões de toneladas brutas.

 

Tipos de navegação

A navegação de longo curso apresentou uma movimentação de 179,7 milhões de toneladas, queda de 1,9% em comparação com o 1º trimestre de 2017, sendo 33,6 milhões de toneladas de cargas de importação e 146,1 milhões de toneladas de cargas de exportação, com a última correspondendo a 81,3% do total movimentado. A navegação de cabotagem movimentou 53,6 milhões de toneladas, representando uma queda de 0,9% em relação ao primeiro trimestre de 2017. Enquanto a movimentação de contêineres na cabotagem apresentou um crescimento de 12,8% no primeiro trimestre de 2018 em relação a igual período de 2017, a movimentação na navegação interior correspondeu a 14,5 milhões de toneladas, acréscimo de 20,6% em comparação ao movimentado no primeiro trimestre de 2017. Fonte: Agência CNT.