Sindisan denuncia Depots à Antaq. Colabore!

11/10/2018

O Sindisan, face a inúmeras queixas sobre os Depot’s, quanto a:
1.    Horários reduzidos de funcionamento (em média 7 horas por dia);
2.    Vistorias de unidades de carga sobre veículos em aguardo, quando da incidência de avaria(s), até que o responsável assuma por escrito seu pagamento; 
3.    Falta de janelas em números suficientes à demanda; 
4.    Ausência de área de estacionamentos; 
5.   Ausência do comprovante do horário de chegada, entrada e saída do veículo transportador, quando da saída do terminal; 
6.    Indisponibilidade de containers disponíveis nos critérios do “Booking”. 

Protocolou junto a ANTAQ denúncia sobre os assuntos acima citados e foi aberta vistoria técnica e documental junto à MSC e seus Depot’s.
Ocorre que, na sequência do processo, coube ao Sindisan anexar provas (evidências) dos problemas enfrentados por seus associados, a fim de poder a ANTAQ realizar inspeção dos casos identificados e, se necessário, lavrar Termo de Ocorrência e Auto de Infração.
Diante disso, solicitamos às empresas associadas, nos enviem por e-mail (secretaria@sindisan.com.br) evidências, tais como: e-mail’s, contendo o histórico completo da tratativa do problema; intercâmbios; tickets de recepção ou de entrega; rejeição de recebimento de unidades de cargas; cobranças de lavagens; no caso da falta de janelas imediatas, enviar o print da tela do sistema; e outros documentos referentes ao assunto.
Ressaltamos que, sem tais evidências, não haverá denúncia formalizada e o processo será arquivado, perdendo o TRC uma excelente oportunidade única de trazer o problema Depot’s ao alcance da ANTAQ, a qual está buscando adentrar neste segmento e normatizar critérios que, até então, o segmento nunca obteve.
Contamos com a colaboração de todos no sentido de unirmos esforços em torno das evidências em números significativos e abraçar a causa em prol de melhoria ao segmento. Fonte: Sindisan.