Força-tarefa santista detalha sucesso das ações em seminário no Rio

Para detalhar as ações da Força-tarefa de Combate ao Roubo de Cargas, o presidente e o vice-presidente de Segurança do Sindisan, Marcelo Marques da Rocha e Roberto Caro Varella, respectivamente, além do comandante do CPI-6, coronel Orlando Eduardo Geraldi, e o titular da delegacia de Roubo de Cargas do Deinter-6, Marcelo Gonçalves da Silva, participaram do Encontro de Segurança do TRC/Região Sudeste, na semana passada. O evento, no rio de Janeiro, foi realizado no Sindicato das Empresas de Transporte Rodoviário de Cargas do Rio de Janeiro (Sindicarga), com apoio da Federação do Transporte de Cargas do Estado do Rio de Janeiro (Fetranscarga). Criada em 2005, a Força-tarefa de Combate ao Roubo de Cargas integra as polícias Militar e Civil com a sociedade, representada por empresas de transporte e terminais que operam no cais santista. Desde a criação do grupo, os índices de roubo de carga na Baixada Santista foram reduzidos significativamente. Atualmente, o trabalho serve de modelo e já foi apresentado em diversas cidades do País para que outras regiões trabalhem nos mesmos moldes.